«

»

Imprimir Post

O Que é Magia Enochiana? (As duas Tradições Místicas do Profeta Enoque)

Por Aaron Leitch
Tradução: Frater Goya (Anderson Rosa)
Fonte: http://www.llewellyn.com/journal/article/2321

istock_000005656706xsmall

O Mito Enochiano
No início, o Criador formou o mundo através de uma série de palavras divinas. Estas palavras foram escritas em letras de fogo em cima de uma série de tabelas celestiais chamada Livro do Discurso de Deus. Esse livro contém a linguagem celestial da criação, as chaves para as postas do céu e todo o conhecimento e sabedoria do universo, passado, presente e futuro. Ele aparece em muitas formas diferentes em diferentes
religiões ao redor do mundo, ganhando vários nomes, tais como: Tábuas Celestiais, Tábuas do Destino, o Livro dos Segredos de Deus, o Livro da Vida, o Livro do Cordeiro, o Livro de Thoth, Registros Akáshicos, e até mesmo Livro T* (ou Tarot).

No Jardim do Paraíso, Adão falava fluentemente a língua celestial registrada em tal Livro. Com isso, ele conversava com ambos, Deus e os Anjos, e também deu nomes verdadeiros a todas as coisas criadas. No entanto, quando Adão perdeu seu lugar no Paraíso, também perdeu o conhecimento da língua sagrada, e não poderia mais falar facilmente com os Anjos. No entanto, para que ele pudesse se comunicar com sua
família, criou uma linguagem humana primordial, baseada nas melhores memórias que tinha do discurso celeste (ainda que imperfeitas essas memórias).

Sete gerações depois, o profeta Enoque estabeleceu um novo diálogo com os anjos. As criaturas sagradas consideradas dignas de visitar o céu para ver os coros dos anjos, o Trono de Deus, e as Tábuas Celestiais. A partir deles, Enoque transcreve 366 livros de sabedoria terrena, com os quais ele tinha esperança de restaurar à humanidade sua antiga glória. Mas, infelizmente, a sabedoria de Enoque foi logo perdida durante o grande dilúvio que destruiu o mundo.

A língua construída por Adão persistiu (através da linhagem de Nóe), até a confusão das línguas na Torre de Babel. Lá, a língua primordial foi dividida em várias línguas diferentes para que os construtores da Torre não pudessem mais se comunicar entre si ou completar o projeto. (Esta é a versão bíblica para as diversas línguas do mundo). De todas as línguas antigas, a que permaneceu próxima à língua original de Adão, a única que conhecemos ainda hoje é o hebraico bíblico. Nenhum conhecimento ou memória da língua celestial dos anjos sobreviveu.

(Ao considerar este mito, perceba que ele está balizado sobre cada ponto no Antigo Testamento, onde a linguagem é o tema central. Ainda mais importante, ele destaca os casos em que a língua desempenha um papel direto na capacidade ou incapacidade, do Homem para se comunicar com Deus e as criaturas celestes).

A Magia Enochiana do Dr. John Dee – O Mito encontra a História Bíblica
A “Bíblia” (isto é, pós-Babel), o estado da língua terrena que durou até o Séc. XVI. Nesse meio tempo, muitos estudiosos haviam abordado o tema da língua celestial, e até mesmo algumas tentativas foram feitas para reconstruí-lo. No entanto, tais tentativas eram geralmente expedientes criados usando hebraico bíblico escrito com caracteres astrológicos. Eles receberam nomes como “Celestial” e “Malachim” (que foram e ainda são usados em magia talismânica), mas eram apenas imagens débeis da linguagem divina da Criação. (Para maiores informações sobre este assunto, veja meu artigo anterior no Llewellyn Jornal, “The Quest for the Divine Language”).

Após 1500, um novo par de profetas, o Dr John Dee e seu vidente Edward Kelley, tiveram um grande interesse em ambos: os anjos e a língua perdida. Trabalhando inicialmente a partir de vários grimórios salomônicos, estes homens estabeleceram contato com os mesmos anjos a quem Enoque já havia falado. Eles revelaram muitos segredos mágicos para os dois homens, tais como a forma de convocar os anjos dos planetas e das estrelas, como descobrir os segredos de nações estrangeiras e como visitar Enoque espiritualmente nos reinos celestiais.

Mais importante ainda, Dee também perguntou aos anjos que revelassem o até então sumido Livro de Enoque, que ele quis dizer o texto bíblico apócrifo que preservava a história da vida de Enoque e o seu trabalho. (Hoje esse texto é chamado de 1 de Enoque ou o Livro Etíopie de Enoque. Apesar de estar desaparecido no tempo de Dee, este livro foi redescoberto no século XVII. Podendo hoje ser encontrado facilmente on line e de forma gratuita). Os anjos concordaram com o pedido de Dee, no entanto, o que eles trouxeram foi as Tabelas Celestiais do Livro do Discurso de Deus a partir do que havia sido compilado uma vez por Enoque. Para Edward Kelley o livro apareceu como um grande volume de
quarenta e nove folhas, escritas em sangue (assumimos o sangur do Cordeiro, conforme mencionado no Livro do Apocalipse) e contendo quarenta e nove discursos Divinos que Deus usou para criar o mundo. Os Anjos disseram a Dee e a Kelley como usar o livro para abrir as portas do céu, e receber instruções diretamente de Deus e a falar com os Anjos em sua língua nativa.

Embora Dee nunca tenha usado essa designação, os historiadores posteriores referem-se a estes materiais de Dee como “Magia Enochiana”, devido à sua relação com o profeta bíblico Enoque. Este complexo sistema de magia ficou encoberto nos diários de John Dee por várias centenas de anos.

 

A Magia Enochiana da Golden Dawn (ou Neo-Enochiano)

Quando a Hermetic Order of the Golden Dawn foi formada no final de 1800, eles estavam ansiosos para incluir material de Dee no seu material dos Graus Superiores. No entanto, eles só estavam cientes de alguns dos diários de John Dee, e portanto, de apenas uma parte deste sistema mágico. Eles supuseram erroneamente que haviam encontrado um esboço para um sistema angelical de magia incompleto, e portanto, aplicaram o que eles já possuíam para o seus sistema ao estilo de uma Loja Mágica Rosacruz. O resultado foi um sistema de Enochiano que parece semelhante, mas de fato é muito diferente do sistema original de Dee. Eu chamei essa recensão do material de Dee de “Neo-Enochiano”.

A Ordem originalmente não sabia sobre o sistema de magia planetária de Dee, nem tiveram acesso ao aspecto mais importante do seu sistema, o Livro do Discurso de Deus. Eles obtiveram o seu sistema de skrying (vidência) em vários locais do mundo e para chamar os anjos das estrelas**. E também possuíam uma série de 48 invocações na língua angelical (muitas vezes intituladas Chamadas ou Chaves), que foram destinadas a acessar os poderes do Livro Celestial, mas não conheciam o verdadeiro propósito das 48 Chamadas (Apelos, ou Chaves).

Ao mesmo tempo, ele era o sistema que Dee usava para chamar os Anjos das Estrelas que formou a espinha dorsal da Magia Enochiana da Golden Dawn. Isso foi obtido a partir de um conjunto de quatro grandes quadrados de palavras (chamados de Torres de Vigia/Atalaias) que continham os nomes de Deus e dezenas de anjos atribuídos aos quatro cantos do universo. No entanto, a Golden Dawn usou um arranjo diferente de
decodificar os nomes dos quatro quadrados, resultando em uma hierarquia muito maior de anjos do que a pretendida por Dee. (A maior parte deste foi delineado em um documento intitulado Livro H, que foi provavelmente escrito por um dos fundadores da Ordem).

A Golden Dawn também interpretou os anjos das Atalaias como criaturas dos quatro elementos: Fogo, Água, Ar e Terra. (Dee nunca associou suas tabelas com os elementos, em vez disso atribuiu os quatro pontos cardeais, listando as funções dos anjos, como na maior parte Alquímica em Natureza). Finalmente, como eles não conheciam o Livro do Discurso de Deus, e o seu sistema mágico, a Golden Dawn assumiu que as Chamadas
deveriam ser usadas para chamar os anjos listados nas Atalaias. Por isso, dividiram as chamadas e aplicaram-nas para os vários grupos de anjos encontrados ao longo dos quadrantes***.

Esse arranjo diferente das torres nos quadrantes, a forma de ler os nomes, e a aplicação dos quatro elementos nas Atalaias, assim como o uso das Chamadas para chamar os Anjos das Torres de Vigia, são o que fazem do sistema Neo-Enochiana da Golden Dawn um sistema completamente diverso do original de Dee. Além disso, a Ordem criou um sistema profundamente complexo para aplicarem suas próprias correspondências a cada
quadrado de cada Torre, assim como seus próprios rituais para trabalhar com os Anjos.

Nos cem anos que se seguiram, a Golden Dawn teve o maior impacto sobre o moderno renascimento do ocultismo, e assim, o seus sistema Neo-Enochiano tornou-se o padrão comum. Cada pedaço desse sistema é exclusivo ao sistema da Golden Dawn, embora muitos estudantes modernos acreditem erroneamente que alguns deles tenham se originado de Dee. Eles não sabem que existe um sistema completo e muito maior de magia enochiana em toda coleção de Diários Esprituais de John Dee. Mesmo aqueles que estão cientes da existência de mais material de John Dee, muitas vezes não compreendem as diferenças fundamentais entre a Magia de Dee e aquilo que mais tarde foi ensinado pela Golden Dawn.

 

O Revival de Dee

No final dos anos 90, o advento da Internet trouxe uma nova era de pesquisa e comunicação entre os estudiosos. Até este momento, o material de Dee era considerado muito obscuro e difícil de entender. Poucos tiveram a coragem de enfrentar o material por conta própria. Agora no entanto, os estudiosos e praticantes do sistema de Enochiano de John Dee em todo mundo, poderiam reunir seus recursos. Ao longo de cerca de uma década, os diários de John Dee foram totalmente dominados e o sistema de magia obscuro reunido finalmente. Por fim, o estudo purista do Sistema de Magia Enochiana de John Dee veio a existir cem anos após a recensão da Golden Dawn ter se tornado padrão.

Hoje não é raro ver o Sistema de Magia Enochiana de John Dee ser discutido lado-a-lado com do sistema da Golden Dawn como se fossem um só. Na verdade, a miscigenação está ocorrendo principalmente por empréstimos realizados pelos Magistas atuais do Sistema da Golden Dawn baseados nos diários de John Dee (como as Chamadas Angelicais) e aplicá-las aos seus rituais Neo-Enochianos. Você provavelmente não irá encontrar esses magos mudando os rumos ou associações elementais das Atalaias em direção ao sistema original de Dee, nem são suscetíveis de remover as Chamadas Angelicais da Torre de Vigia. Tais mudanças removeriam o Enochiano da Cosmologia da Golden Dawn que esses profissionais tem adotado.

Os magistas mais puristas do sistema de Dee, por outro lado, são menos propensos a adotarem qualquer aspecto do material Enochiano da Golden Dawn em seu estudo ou prática Mágica. Mais uma vez, adotar as mudanças seria o equivalente a remover a parte da cosmologia renascentista que eles conhecem. Eles mantém aquilo que é descrito nos diários de John Dee, bem como aquilo que é descrito nos Grimórios que Dee consultou em seu trabalho (como o Arbatel da Magia, de Agripa “Três Livros de Filosofia Oculta”****, o Lemegeton, etc.).

O erro habitual do purista do sistema de John Dee não está na incompreensão da magia (ou entende-la apenas parcialmente), mas em assumir que a visão da Golden Dawn esteja “errada”. Embora seja verdade que o sistema Neo-Enochiano foi criado a partir de uma visão incompleta do material de Dee, não o torna inerentemente errado. Pelo menos, não mais do que o material egípcio da Golden Dawn estaria incorreto, ou que sua cabala, ou sua alquimia, etc. Em todos esses casos, a Ordem adotou aspectos de sistemas mais antigos em sua própris estrutura única, criando algo novo no processo. Nenhum dels são exemplos puros dos originais, mas todos eles se encaixam no contexto maior da própria tradição da Golden Dawn. O sistema Neo-Enochiano é “correto” na ótica da Golden Dawn (e aqueles que seguiram seus passos, como Thelema, Wicca e outros).

Mas então, o sistema Mágico Purista de John Dee também é corrigido na medida em que é um reflexo preciso do próprio homem gravado. Ao longo dos últimos 20 anos, uma quantidade enorme de trabalho tem sido realizada para decifrar e restaurar o sistema de Dee. Muito esforço tem sido feito para compreender a linguagem Angelical, o Livro do Discurso de Deus, as várias hierarquias dos anjos, e os métodos mágicos registrados de Dee.

Este novo material está apenas começando a atingir a comunidade oculta através de fóruns, blogs e livros publicados. E os estudantes somente agora começam a ganhar uma consciência das diferenças entre as duas tradições de Magia Enochiana (ou de fato, que existem duas tradições diferentes). Pela primeira vez em mais de cem anos, genuninamente novo (ainda que antigo), o material Enochiano tem se tornado disponível para os alunos, com algo novo no horizonte. Sem dúvida, é um momento emocionante no campo de estudo e prática enochiana.

Zorge,
Aaron Leitch

NOTAS:
*Na perspectiva da Hermetic Order of the Golden Dawn, o Livro T era o livro que havia sido enterrado junto com Christian Rosenkreutz e que deveria conter toda a sabedoria do mundo. Na leitura de McGregor Mathers, este T, seria o T de Tarot. – Nota de Frater Goya
** O Sistema de viagem nos Éteres. – Nota de Frater Goya.
*** Ou praças, lembrando que a Tabela da União de alguma forma descreve a visão da Jerusalém Celeste, e portanto, são locais específicos dessa cidade. – Nota de Frater Goya.
**** Publicado no Brasil pela Madras Editora. – Nota de Frater Goya

Sobre o autor:
Aaron Leitch é um estudioso e um buscador espiritual por mais de 3 décadas. Ele é membro da Hermetic Order of the Golden Dawn, os Cavalheiros de Júpiter, e a Societas Magica Academica. Seus escritos abrangem campos variados como religião antiga no Oriente Médio e mitologia, misticismo salomônico, xamanismo, neoplatonismo, hermetismo e da alquimia, Wicca tradicional e neopaganismo, Golden Dawn, Thelema angelologia, Cabala, Enochiano, as religiões da diáspora africana, feitiçaria e hoodoo populares, psicologia e a expansão da consciência, ciberesppaço e realidade virtual, e comentarista social moderno. É autor de vários livros. Visite o site http://kheph777.tripod.com/ e o seu blog http://www.llewellyn.com/aaronleitch.wordpress.com .

 

Link permanente para este artigo: http://cih.org.br/cih_new/?p=878

Mail List

Bem-vindo à nossa mailing List

Verifique seu email e confirme a inscrição

Newsletter Powered By : XYZScripts.com